fbpx

Um grupo de 20 sócios da Ambev participou, nesta quarta-feira (5), de um programa do Conquer Labs voltado para executivos no comando de empresas (o chamado C-Level). O Setup for Leaders tem como objetivo auxiliar os tomadores de decisão em definições estratégicas.

Durante 8 horas, especialistas em tendências e em transformação digital do Conquer Labs trouxeram experiências de diferentes mercados ao redor do mundo. Com especial para a China — país com um mercado de US$ 7 bilhões só em tecnologias disruptivas.

A imersão na experiência chinesa ficou por conta do executivo Ricardo Simon, diretor brasileiro da Quectel. A empresa chinesa de internet das coisas têm tecnologia embarcada em mais de 100 milhões de dispositivos, no mundo inteiro.

Com empresas de ponta, uma população muito conectada e com alta adesão a novas tecnologias, a China já vive na realidade muitas das tendências que hoje apenas engatinham no ocidente.

Enquanto o Facebook luta para reunir diferentes funcionalidades em sua plataforma, por exemplo, na China os “superapps” são muito populares. Pelo WeChat os chineses fazem pagamentos, se conectam com os amigos e solicitam um carro

O número de dispositivos equipados com internet das coisas, na China, passou de 768 milhões, em 2018. Mais do que o dobra no ano anterior. O país concentra 46% das conexões globais em IoT.

Tendências e futurologia

Os executivos da Ambev também bateram um papo com o head de Tendências do Conquer Labs, Igor Saraiva. Mestre em Stratic Design em Milão, Saraiva já criou estratégia para empresas como Ferrero, Coca-Cola, Absolut Vodka, Magazine Luiza, Levi’s e Heineken.

O mentor apresentou dezenas de cases de algumas das principais tendências de inovação da atualidade, como inteligência artificial (AI), indústria 4.0, wearable (os dispositivos “vestíveis”, como relógios inteligentes) e sustentabilidade.

Saraiva baseou sua aula no chamado “futurismo”, a capacidade de detectar tendências em negócios, política, questões ambientais e comportamento humano que afetam o dia a dia das pessoas.

“Futurismo é uma ferramenta poderosa para empresas e organizações preverem tendências — se elas forem capazes de transformá-las em oportunidades de negócio”, explica.

Transformação digital

O tema da transformação digital em uma grande empresa foi abordado por dois mentores do ConquerLabs que lideram times importantes nesta área. Daniel Lange, que é Innovation Team Leader da Bosch, em Curitiba; e Felipe Hoffmann, coordenador de Transformação Digital no O Boticário.

Setup for Leaders

O Setup for Leaders é um novo programa do Conquer Labs, desenhado para times de liderança que se deparam com a necessidade de tomar decisões estratégicas quanto à digitalização.

“Os líderes são bombardeados todos os dias com informações sobre tendências de transformação digital. O que nós fazemos neste programa é traduzir este caos de uma forma que os auxilie na tomada de decisões estratégicas”, explica Edu Albuquerque, fundador do Conquer Labs.

Além do Setup for Leaders, o ConquerLabs conta com um programa voltado à mudança cultural em toda a organização, o Setup Innovation.

Deixe uma resposta